Roberta Farig - Escritora

Seguir esse Blog!

Encontre-nos no facebook

Popular Posts

Bárbara Silva está lendo...

Roberta Farig está lendo...

Carol Zanin está lendo...

About

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Sinopse:


A primeira vez que isso aconteceu, parecia um milagre impossível. As contas foram se acumulando, somando mais dinheiro do que eu poderia ganhar. Contas hospitalares da mamãe. Aulas do meu irmãozinho. Minha taxa de matrícula. Aluguel. Conta de energia. Tudo isso em meus ombros. E eu tinha acabado de perder meu emprego. Não havia esperança, não havia dinheiro em minha conta, nem trabalho a vista. E então, quando eu pensei que toda a esperança estava perdida, encontrei um envelope na caixa de correio. Nenhum endereço de retorno. Meu nome na frente, meu endereço. Dentro havia um cheque, feito para mim, no valor de dez mil dólares. O suficiente para pagar as contas e me deixar alguma sobra para viver até que eu encontrasse um emprego. O suficiente para deixar que eu me concentrasse nas aulas. Não havia nenhum nome no cheque, apenas “VRI Inc.,” e um endereço de caixa postal para algum lugar da cidade. Nenhum indício de identidade ou o motivo ou qualquer coisa. Nenhuma menção de reembolso, juros, nada... a não ser uma única palavra sobre as notas: "Você ". Apenas aquelas quatro letras.

Se você recebesse um cheque misterioso, com dinheiro suficiente para apagar todas as suas preocupações, você iria descontá-lo? 

Eu o fiz. 

No mês seguinte, recebi um outro cheque, novamente de VRI Incorporated. Ele também continha uma única palavra: "Pertence" 

Um terceiro cheque, no próximo mês. Desta vez, duas palavras. Quatro letras. "A mim". Os cheques continuaram chegando. Os bilhetes pararam. Dez mil dólares, a cada mês. Uma garota se acostuma com isso, bem rápido. Ele deixa-me pagar as contas sem me endividar. Deixa-me manter meu irmãozinho na escola e os cuidados paliativos da mamãe pagos. Como você dispensa o que parece ser dinheiro de graça, quando você está desesperada? Você não dispensa. Eu não dispensei. 

E então, depois de um ano, escuto uma batida na minha porta. Uma limusine preta elegante estava na calçada em frente a minha casa. Um motorista ficou na minha frente e ele falou seis palavras : "É hora de pagar sua dívida.

" Você teria feito? 

Eu fiz. 

Acontece que 120.000 dólares não vem de graça.


Resenha:

Imagina acordar um dia e descobrir que não tem mais dinheiro para pagar as contas e manter a todos que ama.
 Após a morte de seu pai, Kyrie tornou-se responsável por sua mãe e irmão ainda quando era adolescente, porém alguns anos mais tarde viu-se atolada em contas e desempregada. Contudo um dia ela recebe uma carta com um cheque no valor de 10.000 dólares e uma palavra escrita: "Você", nos quatro primeiros meses cada cheque chegava com uma palavra diferente: 2º mês: "Pertence", 3º mês: "A", 4º mês: "Mim". Os cheques foram chegando e ela os utilizou, pois não conhecia outro meio de cuidar de seu irmão e sua mãe. Porém após 1º ano que o primeiro cheque chegou, Kyrie recebe a visita de um motorista em sua limusine e descobre que chegou a hora de pagar a sua dívida. No começo ela se recusa a ir, pois pensa em seu irmão, mãe e sua melhor amiga Layla. 

Ao acompanhar o motorista, Kyrie sabe que suas contas continuarão sendo pagas pelo dono dos cheques. Como qualquer livro do gênero temos um empresário rico, controlador, poderoso e misterioso (Em seus encontros a Kyrie tem que usar uma venda e não tem o direito de saber o nome de seu benfeitor). Ela tem a permissão de andar pela casa, já que o "quarto" do empresário se encontra em uma área restrita a ele.

Ao ir mais fundo no livro descobrimos que o empresário tem um segredo que envolve a Kyrie e que ela nunca desconfiaria e que possivelmente nunca descobriria, porém ele pretende confessá-lo. Como prova que ele necessita da confiança de Kyrie, o mesmo acaba confessando um nome Roth (Gostosoooo kkkk). 

Com uma descrição afiada dos acontecimentos sexuais (como respira mesmo??), a autora nos deixa curiosas para saber qual o segredo que pode mudar tudo entre Kyrie e Roth. Em questão de escrita o livro não é nem um pouco cansativo, muito bem escrito.

Em minha humilde opinião o livro é uma ótima escolha pra quem gostou de Christian Grey, Gideon Cross, pois o Roth tem um lado escuro que começa aparecer durante a leitura. (Sem contar seu jeito sexy, inveja branca da Kyrie).

Sobre a Autora:


Jasinda Wilder é americana, conhecida por compor romances e eróticos. No Brasil só tem 1 livro publicado "Louco Por Você" (Falling Into You) - Editora Novo Conceito. (poxa só 1 :'( ). Para mais informações sobre a autora acesse: http://www.skoob.com.br/autor/9590-jasinda-wilder

O VÍDEO A SEGUIR CONTÉM CENAS PARA MAIORES DE 18 ANOS!!!


Espero que tenham gostado! Se você gostou deixe um comentário!! Se não gostou indique as inimigos kkkk  

Deixem nos comentários quais livros vocês desejam ver aqui no blog ;) 

Bjos.

Carol Zanin

2 comentários:

Carolina Hermanas disse...

Auuuunw, eu amei essa resenha!!!! Fiquei com MUITA vontade de ler <3 <3 <3


Beeijinhos ^^
http://carolhermanas.blogspot.com.br/

aryh884 aryh884 disse...

?,????,????,??,???,???,??,???
???,???,????
??? ,??,???,?????,?
???,???,?,???,??,???,???
?,???,???,???,????
??,??,???,?,?,??
??,????,???,??,??,?
???,??,????
?,???